Dia da Mãe

 
 Livros, gravuras e poemas sobre a mãe e a maternidade



 
Com a magnífica colaboração de alguns meninos, fizemos um cartaz com poesia, dedicado às mães.


gostas, mãe?


" Tu és a flor mais bonita que eu plantei no meu quintal.
És a máscara que eu escolho quando chega o Carnaval.

Tu és o casaco quente que me protege do frio.
És a água transparente que mostra o fundo do rio.

... És um gelado no Verão e és leite quente no Inverno.
És o lápis de carvão nas linhas do meu caderno.

És o avião que passa quando eu espreito à janela.
És a cama confortável que tem lençois de flanela.

És o gato pequenino que dorme ali no telhado.
És um chapéu que refresca, és bombom e és rebuçado.

És as minhas braçadeiras que me ajudam a nadar.
És os meus ténis preferidos, contigo ando sem parar.

És a sesta, és a tarde, és a festa, és a cor.
És um fato de astronauta. És um disco voador.

Tu és mesmo algodão doce, és um jogo, és um balão.
És um barco, és uma bola e às vezes és um pião.

Tu é que és a minha mãe e a minha melhor amiga.
Fiz este poema para ti. Gostas, mãe? És uma cantiga!"


Inês Pupo e Gonçalo Pratas


Algumas ilustrações... com carinho  








Sem comentários: