Hora do Conto - "Conta lá" -

A Biblioteca Municipal Manuel Vicente Campinas voltou a proporcionar momentos especiais em mais uma sessão de conto. 


Os alunos do 1º ano ouviram atentamente a história :"ARTUR no mundo dos ratos"





SINOPSE
O Artur é um menino da tua idade que um dia descobriu um velho livro cheio de frases misteriosas e... desde então, a sua vida nunca mais foi a mesma! Esse livro contém fórmulas mágicas que lhe permitem transformar-se em vários animais e viver incríveis aventuras! Junta-te ao Artur e ao seu amigo Samuel e vem também conhecer o fascinante mundo dos ratos, das rãs, das toupeiras, dos pássaros...

Associação de Estudantes - Oferta de Livros


A Biblioteca Escolar recebeu uma montanha de livros pelas mãos dos membros da Associação de Estudantes (a cessar funções no final do mês), fruto de uma recolha feita na comunidade local.
O grupo cumpre, deste modo, uma promessa feita aos alunos da nossa escola.

A Biblioteca agradece a todos aqueles que contribuíram para o enriquecimento do acervo e consequente aumento da oferta de leituras para os alunos, através do apelo destes muito gentis e dedicados alunos da Associação, a quem desejamos muito sucesso e boa sorte.

Ser livre é ...



Ilustração de Dana Pèrez (5º ano)

"Ser livre é viver com todos os direitos possíveis"
Margarida Fernandes (7º ano)


.

Ser livre é ...



Ilustração de Sergiy Lurchenko

"Ter liberdade de viver e pensar o que bem quiser"

Frase sem identificação do autor.



.

Ser livre é ...


Ilustração de Maria Rosa, 8º ano.

"Ser livre é poder sonhar e ter direito às coisas mais importantes para um ser humano, é poder viver num país que respeite os direitos humanos."

Yvete Vaglenova, 8º ano.




.

Ser livre ...

Ilustração de Carolina Matias (6º ano)


"Ser livre é podermos expressar os nossos sentimentos e ideias"
Ana Marta Gomes (6ºano)




.

Eleição da Associação de estudantes do Agrupamento



Os alunos do Agrupamento exerceram o seu direito de voto no passado dia 22 de janeiro, em ambas as escolas, sob a presença dos colegas representantes das listas candidatas.
A contagem dos votos revelou a lista "C" como a vencedora a representar e defender os interesses dos estudantes durante o ano letivo vigente.

                 
A equipa da Biblioteca felicita os membros de todas as listas envolvidas, em especial os da  lista vencedora, pela vitória.
Acreditamos que vão defender e honrar com coragem e determinação o lema e os seus propósitos, assumidos na campanha eleitoral:


Dia Mundial da Liberdade - 23 de janeiro


Ilustração de Abril Neto (9º ano)





A liberdade é um direito de todos os seres humanos para realizarem as suas próprias escolhas, para traçarem o seu futuro e determinarem as suas opções de vida.


Há várias acepções de Liberdade. 
Podemos definir algumas delas da seguinte forma:  

Liberdade de consciência direito de professar as opiniões religiosas e políticas que se julgarem verdadeiras.
Liberdade de imprensa - direito que os meios de comunicação social têm de emitir ou divulgar opiniões, factos, pensamentos, etc. , sem censura prévia.

Liberdade individual- garantia que todos os cidadãos têm de não serem impedidos do exercício dos seus direitos, exceto nos casos determinados pela lei.
(Infopédia)



Turma do 6º Ano, acompanhada pela professora Elisabete Isabel, teve a oportunidade de conhecer mais a fundo a história e o percurso de alguns dos grandes líderes da luta pela Liberdade e Direitos Humanos. 

Dia Mundial da Liberdade




O Dia Mundial da Liberdade celebra-se a 23 de janeiro.

Liberdade é o direito que todos os seres humanos têm para fazer as suas escolhas com vista à sua vida futura. Esta é defendida pelos artigos 1º e 2º da Declaração Universal dos Direitos do Homem em que se diz:

 "Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.” 


   “Todos os seres humanos podem invocar os direitos e as liberdades proclamados na presente Declaração, sem distinção alguma, nomeadamente de raça, de cor, de sexo, de língua, de religião, de opinião política ou outra, de origem nacional ou social, de fortuna, de nascimento ou de qualquer outra situação.” 

Na bibblioteca selecionámos alguns exemplos inspiradores de pessoas que lutaram ou ainda lutam pelos Direitos Humanos.
Desafiamos-te a participar com uma frase, quadra ou desenho, alusivos ao tema.
Dá asas à tua liberdade de pensamento!


13ª Edição Concurso Nacional de Leitura


Resultados da prova a nível de Escola (1ª fase)
Alunos apurados para a fase concelhia:

1º Ciclo
Carlos Daniel G. Martins
Afonso Nunes Moura

2º Ciclo
Rodrigo Pereira Veia
Dana V. Pérez Pérez


2ª fase Municipal/ Bibliotecas Municipais

2º Ciclo - obra : "Os ciganos" de Pedro Sousa Tavares

Prova a realizar na Biblioteca Vicente Campinas, Vila Real de Santo António, dia 20 de fevereiro de 2019 (4ª feira) às 14h30.

A biblioteca dá os parabéns aos alunos selecionados e a todos os outros participantes.





"Miúdos a Votos" - Campanha Eleitoral


No dia 28 de janeiro, começa a campanha eleitoral nas escolas. 
Este é o período em que os partidos e as pessoas transmitem aos outros as suas ideias – e na campanha eleitoral de «Miúdos a Votos» acontece exatamente o mesmo: os alunos vão explicar aos colegas porque gostam mais daquele livro, tanto através de cartazes como de debates, comícios, tempos de antena de rádio ou vídeos.

Usando o mesmo processo de umas eleições políticas, os alunos farão campanha eleitoral pelos livros que mais gostaram de ler ate hoje, estimulando a curiosidade dos colegas e amigos. Ao mesmo tempo, estarão a aprender como se organizam umas eleições e para que servem. E a treinar como se transmitem aos outros, de forma convincente, as nossas ideias!
Além disso, este é uma iniciativa que tem por objetivo dar voz às crianças e jovens, ainda pouco auscultados em processos de decisão. Ao votarem nos livros que mais gostaram de ler (e não naqueles que são obrigados a ler dentro da sala de aula), estão a dar indicação aos outros daquilo que para si é importante.




Os alunos que queiram fazer campanha por um livro devem inscrever-se na Biblioteca.
Durante a campanha eleitoral, os alunos defenderão publicamente o livro de que mais gostam. 
Poderão fazê-lo dentro da sala de aula (equivalente a uma sessão de esclarecimento), na biblioteca escolar ou na sala de alunos (equivalente a um comício), nas redes sociais e meios digitais da escola (equivalente a tempo de antena) ou através de cartazes afixados na sala de aula, na biblioteca ou noutro local público da escola. 
Poderão também organizar debates entre vários candidatos e desenvolver outro tipo de material de propaganda, como autocolantes, pins, folhetos, etc., ou organizar debates entre representantes de várias escolas.

Eleições na nossa escola a 15 de março.






"Miúdos a Votos: quais são os livros mais fixes?", uma iniciativa da Visão Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares.


Miúdos a Votos! Livros candidatos




"Os candidatos a estas eleições não são partidos nem pessoas, mas sim livros. E como são escolhidos?, estarás tu a perguntar. Alunos e alunas de mais de 700 escolas que já se inscreveram nesta iniciativa enviaram-nos os títulos que mais gostaram de ler até hoje. Essas propostas foram contabilixadas (por uma instituição chamada Pordata) e os livros que receberam mais nomeações integram as listas que vão à votação nacional."


Descobre quais são os livros em que vais poder votar a 15 de março.

"Miúdos a Votos: quais são os livros mais fixes?", uma iniciativa da Visão Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares.

Revista O Tomilho


Disponível na biblioteca a edição bimensal (janeiro/fevereiro) da revista do Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela/ Câmara Municipal de Vila Real de Santo António.

Aconteceu...em 2018
O que vai acontecer...

Revista National Geographic


Disponível na biblioteca a revista de janeiro.



.

Espectáculo de dança

As alunas do conservatório de Vila Real de Santo António vieram à nossa escola fazer uma apresentação de dança, inspirada nos filmes da Disney para  os alunos do 1º Ciclo.




Exposição de trabalhos - Paleolítico



No decorrer do primeiro período os alunos do 7 Ano, no âmbito da disciplina de História, realizaram vários trabalhos subjacentes ao tema: O Paleolítico chegou à escola! Esta actividade foi concretizada com bastante êxito tendo motivado os alunos para as aprendizagens adjacentes contribuindo para um processo de ensino e aprendizagem mais dinâmico e centrado no aluno. O resultado desse trabalho pode ser observado no átrio da escola EB 2,3 Infante D. Fernando no decorrer da presente semana.
(professora Marta Gomes, reponsável pela disciplina))












Maratona de Cartas/ Recolha de Assinaturas - Amnistia Internacional



As assinaturas têm mais poder do que pensamos. Defendermos alguém em risco e mostrar o nosso apoio é umas das formas mais simples e eficazes de agir. Saber que não foi esquecido e que alguém que nunca conheceu está a lutar pelos seus direitos tem uma força incrível. Proporciona esperança, inspiração e motivação. 
Por tudo isto, e agora mais que nunca, não cruze os braços. Continue a enfrentar a injustiça como uma afronta pessoal, e continue a participar nos nossos apelos. 
(Amnistia Internacional)





A Maratona de cartas é o maior evento de Direitos Humanos organizado pela Amnistia Internacional. 

Como Funciona?
  • Pessoas em todo o mundo participam na Maratona de Cartas.
  •  Escrevem as suas próprias cartas ou assinam os nossos apelos destinados às autoridades dos países visados.
  • Com as suas ações, apoiam pessoas que são perseguidas, ameaçadas e presas por enfrentarem injustiças.
  • Entregamos todos os milhares de assinaturas que nos chegam e fazemos pressão aos governos, líderes políticos e decisores para que as violações de direitos humanos terminem.
  •  Apoiar e defender alguém através da participação na Maratona de Cartas tem uma força incrível! 
  •  É possível fazer a mudança acontecer: conseguir a libertação de pessoas, aumentar a proteção a quem defende os direitos humanos e a alteração de leis para melhor.
Poderão também escrever as vossas cartas de apoio às vítimas de violações de Direitos Humanos. Garantimos que todas chegarão ao seu destino.
(Amnistia Internacional)


Com a Maratona sensibilizamos para um conjunto de casos selecionados, o que poderá resultar numa melhoria das condições de vida para os defensores de direitos humanos.

Conheça aqui os casos selecionados.



A recolha de assinaturas começou e é feita na Biblioteca e na Papelaria da escola.
Podem participar os alunos do 2º e 3º Ciclos, Professores, Funcionários, Encarregados de Educação e Outros.




Dia de Reis

Comemoração do Dia de Reis. Uma atividade que juntou o Pré-Escolar e o 1º ciclo com um desfile e cânticos pelas ruas de Vila Nova de Cacela.
Registámos uma parte do evento pela janela da nossa Biblioteca.