Semana da Leitura - 27 a 31 Março

 

O PRAZER de LER é o tema deste ano.

A 11ª edição lançada pelo Plano Nacional da Leitura tem, como é habitual, o objetivo de fomentar a partilha de leituras, o gosto pela leitura e o prazer de ler.

Preparados para celebrar e contagiar?

.

Encontro de poetas e poemas

O prometido é devido. Há exatamente um ano, num encontro de celebração da Poesia, na nossa biblioteca, o grupo Poetas do Guadiana desafiou uma turma de alunos do 8º ano a escrever poemas, prometendo a sua publicação em livro. E assim aconteceu. 
O livro chegou hoje às mãos dos seus autores e é o resultado da inspiração de estudantes das duas margens do Guadiana. 
Alguns dos poemas foram recordados e recitados pelos próprios, partilhados com orgulho e sentimento com os presentes. 

O livro reúne uma seleção de poemas dos nossos alunos (E.B. 2,3 de Vila Nova de Cacela), da E.B. Integrada de Alcoutim, Colegio Público Moreno y Chacón de Aymonte e E.B. 2,3 de Castro Marim.


"Poesia en la Escuela/ Poesia na Escola será el primero de otros nuevos que irán llegando. Sus autores seràn, como en el ejemplar que tiens en las manos, los chiquillos y adolescentes del Bajo Guadiana a los que les han tocado en suerte profesores con ganas de hacer cosas de estas: poner fuera de las aulas parte del aprender y del hacer que se lleva a cabo dentro." (contracapa do livro)

Os poetas do grupo transfronteiriço, José Luís Rúa, António Cabrita e Eladio Orta fizeram a apresentação do livro, deixando claro que a Poesia vale por si e está forte.
  
«Poetas do Guadiana», um grupo constituído por poetas e escritores, com maior ou menor notoriedade, surgiu de um movimento cívico que procura caracterizar culturalmente a zona das pontas do levante algarvio de Portugal e do poente andaluz de Espanha como centro de encontro de culturas. Pretendendo ser integrador, o movimento não se agarra a uma escola, a uma corrente, a outro projeto literário que não seja estimular a criatividade e o aparecimento de vocações literárias. Há, no seio do grupo, total liberdade para que cada membro participe à sua maneira, com o seu próprio estilo e gosto, de um e do outro lado da fronteira, ao mesmo tempo que continua a progredir em cada um dos projetos individuais de criação literária e segue o seu próprio rumo e tendência. 
(Algarve Informativo)




A música marcou calorosamente o início do encontro.
Os alunos do 6ºB, coordenados pela Professora de Educação Musical, Sandra Jesus, tocaram na flauta e cantaram duas melodias lindíssimas: "Englishman in New York" de Sting e Panis Angelicus de Cesar Franck.



Alunos do 8º e 9ºanos, acompanhados pela sua Professora de Francês, Ana Cristina Gomes, recitaram poemas em língua francesa.




A equipa da biblioteca agradece a todos os que fizeram parte destes momentos valiosos e felicita os alunos que se atreveram a partilhar com o mundo os seus anseios e paixões, em forma de Poema.





"A poesia foi uma das formas que o ser humano encontrou para falar dos seus sentimentos mais profundos e misteriosos.  

A poesia é a arte das palavras, e as palavras, quando tocadas pelos poetas, tornam-se chaves mágicas que abrem portas de universos que estão para além do imediato quotidiano e que nos falam dos grandes mitos, e também das paixões, das dores, das alegrias.

A linguagem poética exprime o modo de olhar para a natureza, para o coração, para o amor de uma forma diferente da linguagem quotidiana.

A poesia é, de facto, uma janela aberta sobre o mistério maravilhoso das palavras."

José Fanha, in Porto Editora.pt

Encadernação Artesanal - 6ºano



Encontram-se em exposição os trabalhos realizados pelos alunos do 6º ano, ainda durante o 1º período, no âmbito da disciplina de Educação Tecnológica coordenada pelo Professor Rui Lobo.

Os alunos puderam aprender a costurar cadernos de forma artesanal, tal como era realizado antigamente.
Para além da costura dos cadernos, os alunos puderam encadernar os mesmos utilizando diferentes materiais e decorações.




Biblioteca em Flor... Poesia

 
 







Deixamos um especial agradecimento a todos os que colaboraram na atividade. 





Trissomia 21 - Filme


O Grupo de Educação Especial convida todos os docentes interessados a assistir ao filme com as suas turmas, na biblioteca da Escola Infante D. Fernando, a fim de assinalar e sensibilizar para a problemática da deficiência.
O fime está disponível na biblioteca até ao final do ano letivo.

"Roberto está convencido de que o nascimento do filho é um marco para uma nova vida, no entanto, ainda no hospital, descobre que  terá de se habituar a uma nova ideia - ser pai de Fabrício, uma criança com Síndrome de Down. A notícia provoca em Roberto um turbilhão de emoções contraditórias e conflitos que acabam por afetar a sua relação com o trabalho e o seu casamento com Claúdia. Numa jornada de doze anos, entre obstáculos, conquistas e descobertas, revela-se o significado da paternidade."

Um filme brasileiro de 2016, do realizador Paulo Machline, com Marcos Veras, Débora Falabella, Uyara Torrente, Augusto Madeira... 
( 1h22min)

(Para maiores de 12 anos)

Dia Mundial da Trissomia 21


O Grupo de Educação Especial organizou um powerpoint, o qual foi projetado durante o dia, no átrio da escola, sensibilizando a comunidade escolar para o tema.


Este dia serve acima de tudo para chamar a atenção para a importância da sociedade abrir as portas às pessoas portadoras de Trissomia 21, encará-las com o respeito, naturalidade e solidariedade que lhes é devido, dando-lhes oportunidade de igualdade e proporcionando-lhes igualdade de oportunidades.
(Atlas da saúde. pt)

O que é a Trissomia 21 ou Síndrome de Down?

A Síndrome de Down é uma alteração genética que resulta de uma anomalia no processo de divisão celular do óvulo fecundado. Os portadores da Síndrome de Down desenvolvem uma cópia extra do cromossoma 21. O cariótipo humano é constituído por 23 pares de cromossomas e, nestes casos, verifica-se a presença de um cromossoma 21 adicional.
Este terceiro cromossoma — por isso se utiliza também a designação Trissomia 21 — provoca um desequilíbrio genético que vai afetar o desenvolvimento corporal e cerebral do embrião. A trissomia do cromossoma 21 pode assumir diferentes formas.
continuar a ler:  https://rotasaude.lusiadas.pt/o-que-e-a-sindrome-de-down/



Novo livro na estante


"Diário de uma ausência" de Margarida Rebelo Pinto
Oficina do Livro, 2006

Uma oferta da Professora Adelaide Morais, a qual muito agradecemos.

"Quando se ama alguém tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se o imperativo como o verbo respirar. E aprendemos a respirar na espera, a viver nela, afeiçoando-nos a um sonho como se fosse verdade. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver?  

(contracapa do livro)


Cinema na BE


Alunos do 1º Ano assistiram ao filme na biblioteca.


Aventuras de quatro divertidos animais do Jardim Zoológico de Nova Iorque que, ao serem transferidos para África, perdem a rota, indo parar a uma ilha tropical onde se perdem numa densa floresta.
"Madagáscar" consegue sempre divertir...







Um filme de animação computadorizado, norte americano, de 2005, produzido pela Dreamworks Animation SKG.



.

Lenda das Amendoeiras em Flor

il. Beatriz Martins




"Há muitos séculos, reinava em Chelb, a futura Silves, o rei Ibn-Almundim. Este rei nunca tinha conhecido uma derrota. 

Um dia, entre os prisioneiros de uma batalha, viu a linda Gilda, uma princesa loira de olhos azuis e porte altivo. Impressionado, o rei mouro deu-lhe a liberdade.


Conquistando progressivamente a confiança de Gilda, confessou-lhe o seu amor e pediu-a em casamento. Foram felizes durante algum tempo, até que, um dia, a bela princesa do Norte adoeceu sem razão aparente. 

Um velho cativo das terras do Norte pediu para ser recebido pelo rei e revelou-lhe que a princesa sofria de nostalgia da neve do seu país distante. Então, Ibn-Almundim mandou plantar por todo o seu reino muitas amendoeiras.

Na primavera seguinte, o rei levou Gilda à janela do terraço do castelo. Ao ver as flores brancas das amendoeiras, a princesa começou a sentir-se melhor, pois davam-lhe a ilusão da neve. Gilda ficou curada da saudade que sentia."




www.infopedia.pt/$lenda-das-amendoeiras-em-flor

Puzzle - Passatempo





Mais um bonito puzzle concluído na biblioteca com a colaboração de um bom grupo de aficionados.