Dia Internacional em memória das vítimas do Holocausto



"LEMBRAR PARA NÃO REPETIR"

A palavra holocausto deriva da combinação de dois termos gregos, holo (todo) e caustos (queimado).
Originalmente, como ainda hoje, designava um ritual religioso onde uma oferenda era consumida pelo fogo. Entre os judeus, essa oferenda era um animal, normalmente um ovino. 

Nos tempos modernos a palavra holocausto é utilizada para identificar um devastador desastre humano: a palavra identifica, assim, a perseguição e extermínio sistemático de judeus e de outras minorias como ciganos, homossexuais, deficientes físicos e mentais, opositores políticos e religiosos do regime nazista alemão, prisioneiros soviéticos de guerra, civis soviéticos e poloneses, além de outros grupos marginalizados pela Alemanha Nazi durante o conflito.

Um dos princípios fundamentais do nazismo era o racismo. Segundo essa ideologia, os alemães pertenciam a uma raça superior, a ariana, que sem se misturar a outras raças, deveria comandar o mundo. Os judeus eram considerados os seus principais inimigos.

Os judeus foram as principais vítimas  dos ideólogos nazistas, que os responsabilizavam pelo caos em que a Alemanha vivia depois da Primeira Guerra Mundial e dos tratados de paz. Além disso, Hitler e seus seguidores defendiam a tese de que os judeus eram de uma raça inferior e deviam ser eliminados.





Fontes:
https://www.infopedia.pt/$holocausto
http://hgcavert.blogspot.pt/2016_01_01_archive.html
imagens do Google

Sem comentários: